A Dislexia em Questão

Plexus

R$76,00

5x de R$15,20
Entregas para o CEP:

Meios de envio

A obra problematiza o reconhecimento da dislexia como distúrbio ou dificuldade de aprendizagem da escrita. Discutindo a inconsistência etiológica e sintomatológica desse suposto distúrbio, bem como a fragilidade das formas de diagnosticá-lo, a autora analisa casos de sujeitos rotulados como portadores de dislexia e mostra que eles - ao contrário dos rótulos que carregam - estão em pleno processo de construção da escrita.

Índice

Prefácio

Apresentação

1 - A (in)definição da dislexia: uma leitura histórica.

Um equívoco conceitual

* A abordagem organicista

* A perspectiva cognitivista ou instrumental

* A visão psicoafetiva

A dislexia (in)definida por órgãos oficiais nacionais e internacionais

A dislexia nos manuais de classificação e codificação de doenças

2 - Reflexões sobre a linguagem: o panorama teórico.

A corrente sócio-histórica

A linguagem como atividade constitutiva

O texto

A análise de fatos característicos da apropriação da escrita

3 - "Sintomas disléxicos": hipóteses sobre a escrita em construção.

A fragilidade descritivaOs "sintomas disléxicos"

4 - Avaliação: um rótulo patológico

O equívoco na avaliação.

A questão da "prontidão"

As tarefas avaliativas

* A descontextualização das tarefas avaliativas

* A desconsideração de ações com, sobre e da linguagem

* A indistinção entre a oralidade e a escrita e demais inadequações avaliativas

5 - Produções textuais: uma trilha para superar equívocos.

Crianças rotuladas como "portadoras" de dificuldades de aprendizagem da linguagem escrita: estudo de casos

* O caso G.W.G.

* O caso G.A.

* O caso L.H.M.

* O caso M.S.

* A relevância dos casos estudados

Considerações finaisReferências bibliográficas

  • Editora:
  • Plexus
  • Autor:
  • Giselle Massi
  • Ano:
  • 2007
  • Edição:
  • 1
  • Número de páginas:
  • 252
  • Acabamento:
  • Brochura