Oferta

Eletrofisiologia da Audição e Emissões Otoacústicas

R$150,00

R$135,00

10% OFF
5x de R$27,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Em Eletrofisiologia da Audição e Emissões Otoacústicas: Princípios e Aplicações Clínicas, os autores colocam todas as suas experiências adquiridas ao longo de décadas trabalhando com a Eletrofisiologia da Audição - as Emissões Otoacústicas fazem parte de uma ciência mais jovem.

Sumário

Parte 1 - A Princípios da Eletrofisiologia da Audição

Capitulo 1 - Histórico

Capítulo 2 - Conceitos básicos e fundamentos neurofisiológicos

Capítulo 3 - Sistema de Registro dos Potenciais

3.1 - Transdutor

3.2 - Eletrodos

3.3 - Janela

3.4 - Amplificação

3.5 - Filtros

3.6 - Promediação do sinal

Capítulo 4 - Características do estímulo para gerar potenciais evocados

4.1 - Tipo de estímulo

4.2 - Intensidade

4.3 - Polaridade

4.4 - Taxa de apresentação

Capítulo 5 - Considerações Importantes e Dicas para realizar um bom exame

Parte 1 - B - Introdução aos Exames Eletrofisiológicos

6.1 - Origem dos componentes registrados pela ECoG

6.2 - Efeitos da idade6.3 - Realização do exame

6.3.1 - Eletrodos

6.3.2 - Técnica de registro

6.4 - Indicações clínicas

6.4.1 - Diagnóstico de hidropisia Labiríntica/doença de Ménière

6.4.2 - Diagnóstico de neuropatia auditiva/dessíncronia auditiva

6.4.3 - Registro simultâneo da ECoG e do PEATE

Capítulo 7 - Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico (PEATE)

7.1 - Origem dos componentes registrados na pesquisa do PEATE

7.2 - Efeitos da idade

7.3 - Realização do exame

7.4 - Mascaramento

7.5 - PEATE por condição óssea

7.6 - Interpretação dos resultados

7.7 - Pesquisa do limiar eletrofisiológico

7.8 - Neurodiagnóstico

7.9 - Principais indicações da utilização do PEATE

7.9.1 - Diagnóstico da surdez infantil

7.9.2 - Checagem dos limiares psicoacústicos

7.9.3 - Diagnóstico de lesões retrococleares

7.9.4 - Diagnóstico da doença de Ménière

7.9.5 - Topodiagnóstico da síndrome vestibular

7.9.6 - Estadiamento do coma e diagnóstico da morte encefálica

7.9.7 - Monitoramento do tronco encefálico em cirurgia cardíaca

7.9.8 - Pesquisa do microfonismo coclear (MC)

7.9.9 - Limitações do exame do PEATE

Capítulo 8 - Resposta Auditiva de estado estável (RAEE)

Capítulo 9 - Potenciais Evocados Auditivos Corticais relacionados a Eventos (P300)

9.1 - Origem dos componentes registrados na pesquisa dos P3000

9.2 - Efeitos da idade

9.3 - Realização do exame

9.4 - Interpretação dos resultados

9.5 - Indicações clínicas

9.5.1 - Distúrbios da cognição relacionados a patologias neurológicas

9.5.2 - Distúrbios do PAC em crianças com distúrbios de aprendizagem

9.5.3 - Distúrbios do PAC em idosos com dificuldade de compreensão da fala em ambientes com competição sonora

9.5.4 - Detecção de simuladores de perda auditiva

9.6 - Limitações do exame

Capítulo 10 - Emissões Otoacústicas

10.1 - Emissões otoacústicas evocadas transientes (EOAT)

10.1.1 - Parâmetros para captação, registro e análise dos EOAT

10.1.2 - Informações sobre o estímulo

10.1.3 - Informação sobre o registro das respostas

10.1.4 - Informações sobre o ruído

10.1.5 - Informações sobre a resposta

10.1.6 - Análise de resposta obtida

10.2 - Emissões otoacústicas evocadas por produtos de distorção (EOAPD)

10.2.1 - Análise da resposta obtida

10.3 - Registro das EOA evocadas (EOAT e EOAPD) nas alterações auditivas

10.3.1 - Perda auditiva condutiva

10.3.2 - Perda auditiva sensorial

10.4 - Recomendações para a utilização adequada dos EOA na rotina clínica

Capítulo 11 - Referências bibliográficas

Parte 2 - Aplicações clínicas: discussão de caso

Capitulo 12 - Surdez infantil

Capítulo 13 - Checagem dos limiares psicoacústicos

Capítulo 14 - Doenças da Orelha interna

Capítulo 15 - Lesões Retrococleares

Capítulo 16 - Estadiamento do com e diagnóstico da morte encefálica

Capítulo 17 - Monitoramento intra-operatório das vias auditivas e da função do tronco encefálico

  • Autor:
  • Sousa
  • Ano:
  • 2010
  • Edição:
  • 2
  • Número de páginas:
  • 370
  • Acabamento:
  • Brochura